Programa II

SINOPSE

A tua platéia, de Óscar Faria

Portugal, 2015, digital, cor, 9’ | Com: Miguel Damião

O interior de Portugal está cada dia mais isolado e abandonado. Um homem misterioso segue por estradas vazias recolhendo pedras, paus e vítimas. O que é que ele constrói?

 

Andlit, de João Teixeira Figueira

Portugal, 2014, digital, cor, 5’ |

Um robô vive sozinho num edifício abandonado, estudando a vida humana por um catálogo de pinturas e fingindo que bebe chá em companhia imaginária. É quando uma mulher e o seu filho recém-nascido ali se refugiam que o robô terá de aprender a lidar com humanos.

 

Depois do silêncio, de Guilherme Daniel

Portugal, 2017, digital, cor, 15’ | Com: Agata Pinho, Daniel Viana

Uma mulher desolada esforça-se para aceitar a inesperada morte do marido, mas é confrontada com o recorrente retorno dele ao mundo dos vivos.

 

Maria, de Joana Viegas Portugal, 2014, digital, cor, 23’ | Com: Victor Gonçalves, Pedro Diogo e Mariana Santos

Quando sua esposa morre durante o parto, Arsênio recorre a um ritual profano na esperança de ter a filha que ele nunca conheceu.

 

Miss Mishima, de Pedro Rocha

Portugal, 2011, digital, cor, 14’ | Com: Sara Filipa Reis, Pedro Rocha, Júlio Alves

“Miss Mishima” é um filme sobre o amor e a morte, que pretende explorar a ambiguidade das sensações, explorar os limites entre o prazer e a dor; sobre a morte como derradeiro fetiche e sobre o suicídio ritual Seppuku.

 

Nico – A revolta, de Paulo Araújo

Portugal, 2013, digital, cor, 8’ | Com: Isabel Feliciano, Fábio Timor, José Barros

1974, ano da Revolução dos Cravos. Alguém bate à porta e entrega um maço de notas de mil escudos ao dono da casa em troca de um serviço.

 

Papá Wrestling, de Fernando Alle

Portugal, 2009, digital, cor, 9’ | Com: Clemente Santos, Bruno Silva, Fernando Miguel, Miguel de Freitas

Quando os bagunceiros da escola roubam a lancheira do seu filho, um Wrestler aposentado parte numa vingança pessoal para recuperar o objeto roubado e restituir a justiça à escola.

 

Sangue frio, de Patrick Mendes

Portugal, 2009, digital, cor, 14’ |

Uma mulher chega a um velho silo e acaba por se envolver numa relação obsessiva com um espantalho.

FICHA TÉCNICA

País de Origem: 
Portugal

PROGRAMAÇÃO

23.11.2018

sexta-feira | SALA BNDES | 21:00